Pavimentação

Pavimentos Econômicos – Tecnologia do Uso dos Solos Finos Lateríticos

Pavimentos Econômicos – Tecnologia do Uso dos Solos Finos Lateríticos

“PAVIMENTOS ECONÔMICOS”

Tecnologia do uso dos solos finos lateríticos

 

Douglas Fadul Villibor

Job Shuji Nogami

O conteúdo principal deste livro engloba as pesquisas sobre os Solos Arenosos Finos Lateríticos (SAFL) e o estágio atual da tecnologia para seu uso como base de pavimentos. Também, enfoca o desenvolvimento de um estudo geotécnico das misturas solo laterítico – agregado para bases. Os SAFL são peculiares das regiões tropicais úmidas e ocorrem em vastas áreas do território brasileiro, em grandes depósitos (jazidas) naturais.

 

 

Link para download: PAVIMENTOS ECONÔMICOS (1ª PARTE)

Link para download: PAVIMENTOS ECONÔMICOS (2ª PARTE)

Postado em: Pavimentação, LivrosComentários (1)

Pavimentos de Baixo Custo para Vias Urbanas

Pavimentos de Baixo Custo para Vias Urbanas

“PAVIMENTOS DE BAIXO CUSTO PARA VIAS URBANAS”

Douglas Fadul Villibor et al.

 

Este livro aborda assuntos ligados ao desenvolvimento de uma tecnologia nacional, especifica para solos lateríticos em ambientes tropicais, e suas aplicações práticas. Tem como objetivo principal difundir, de maneira simplificada, a metodologia MCT (Miniatura Compactada Tropical) em substituição às metodologias tradicionais de classificação de solos e escolha de materiais para uso em pavimentação de vias urbanas. Apresenta, também, procedimentos construtivos e de controle tecnológico de bases executadas com solos lateríticos.

  Link para download: PAVIMENTOS DE BAIXO CUSTO PARA VIAS URBANAS

Postado em: Pavimentação, LivrosComentários (2)

Pavimentação de Baixo Custo com Solos Lateríticos

Pavimentação de Baixo Custo com Solos Lateríticos

“PAVIMENTAÇÃO DE BAIXO CUSTO COM SOLOS LATERÍTICOS” 

Job Shuji Nogami

Douglas Fadul Villibor

 

O conteúdo principal deste livro é a pavimentação de baixo custo com uso de solos lateríticos como camada de base, sem estabilizantes. Suplementarmente, o livro aborda as características de interesse geotécnico dos solos tropicais e a aplicação da metodologia MCT, desenvolvida para propiciar uma escolha mais adequada daqueles solos para a finalidade considerada. Contempla, ainda, breves considerações sobre erosão na faixa marginal aos pavimentos deste tipo.

 

Link para download: Pavimentação de Baixo Custo com Solos Lateríticos (1ª PARTE)

Link para download: Pavimentação de Baixo Custo com Solos Lateríticos (2ª PARTE)

Postado em: Pavimentação, LivrosComentários (1)

ESTUDO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DO CONCRETO DE ALTO DESEMPENHO CONTENDO NANOSÍLICA ESTABILIZADA

Gustavo Braz de Abreu; Adriana Guerra Gumieri; José Márcio Fonseca Calixto; Fabrício Carlos França; Cláudio Silva; TECNOSIL/SILICON

A nanotecnologia pode melhorar significativamente as propriedades mecânicas e a durabilidade dos concretos. Em escala nanométrica, a boa dispersão de materiais é um fator essencial para a melhoria das propriedades do concreto. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar as propriedades mecânicas de concreto de alto desempenho contendo nanosílica estabilizada. A incorporação da nanosílica ao aditivo policarboxilato contribuiu para uma melhor aplicação e eficácia do material no concreto, uma vez que a nanosílica se homogeniza com maior facilidade no concreto. Para realização do estudo foram fabricados três diferentes concretos: um contendo nanosílica estabilizada, um outro com uma mistura de sílica ativa e nanosílica estabilizada e um de referência sem sílica ativa e nanosílica. As propriedades mecânicas dos concretos avaliadas foram a resistência à compressão axial e o módulo de elasticidade medidas em três diferentes idades. Os resultados obtidos indicam um aumento substancial nos módulos de elasticidade e na resistência à compressão dos concretos com nanosílica, mesmo com a redução do consumo de cimento. Os resultados também evidenciam que o efeito da nanosílica é potencializado quando a mesma é combinada com a sílica ativa, uma vez que a mistura de partículas de tamanho micro e nanométrico proporciona uma melhoria no desempenho mecânico dos concretos. A atividade pozolânica dos materiais contribuiu para a melhoria dessas propriedades. A nanosílica demostrou ser bastante vantajosa, principalmente se misturada com a sílica ativa. Os resultados indicaram que a nanosílica é uma boa alternativa para se produzir concretos com elevada resistência mecânica e redução no consumo de cimento.

Link para download do trabalho na íntegra

Postado em: Pavimentação, Publicações Técnicas e ArtigosComentários (0)

A EVOLUÇÃO DAS NORMAS DE PAVIMENTAÇÃO DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

Autora: Débora Nogueira Targa;
ATUALIZAÇÃO DE TÉCNICAS DE MANUTENÇÃO DE PAVIMENTAÇÃO

Engenheira Civil Escola Politécnica da USP
MSC Engenharia de Solos Escola Politécnica USP

RESUMO

Desde 1967, quando foram implantadas, as normas de pavimentação da PMSP têm evoluído. O objetivo deste trabalho é o de descrever as revisões efetuadas, que buscam não somente acompanhar a evolução tecnológica e garantir a elaboração de projetos adequados, mas também viabilizar programas intensivos de pavimentação e de gerência de pavimentos mediante o uso de materiais mais econômicos e de sistemas mais simplificados para as ruas de menor respectivamente.

 

SÃO PAULO, setembro/2014

Link para Download do Trabalho

Postado em: Pavimentação, Publicações Técnicas e ArtigosComentários (0)

ANÁLISE LABORATORIAL DE CONCRETO BETUMINOSO USINADO A QUENTE MODIFICADO COM ADIÇÃO DE BORRACHA RECICLADA DE PNEUS – PROCESSO SECO

ANÁLISE LABORATORIAL DE CONCRETO BETUMINOSO
USINADO A QUENTE MODIFICADO COM ADIÇÃO DE BORRACHA
RECICLADA DE PNEUS – PROCESSO SECO

Autor:
Marcelo de Barros Patriota

Tese submetida ao Corpo Docente do Curso de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pernambuco
como parte dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências em Engenharia Civil

Download da Tese

Postado em: Pavimentação, Notícias, Publicações Técnicas e ArtigosComentários (0)

Estudo de Propriedades Mecânicas de Concretos Compactados com Incorporação de Fresados para Bases de Pavimentos

Autora: Drª Taís Sachet;
Orientador: Prof. Dr. José Tadeu Balbo.

Tese apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo como parte dos requisitos para a obtenção do título de Doutor em Engenharia.
Área de Concentração: Engenharia de Transportes – Infraestrutura de Transportes

 

RESUMO

O fresado asfáltico ou Reclaimed Asphalt Pavement (RAP), como é conhecido em língua inglesa, é um material proveniente da fresagem de revestimentos asfálticos quando da restauração de pavimentos flexíveis. Esse material é produzido em grandes quantidades nas grandes cidades, o que justifica a busca de soluções para sua destinação final. Neste trabalho foram estudados os efeitos da incorporação de RAP em concreto compactado com rolo (CCR). Foram produzidas seis diferentes misturas de CCR. O CCR de referência (CCR-1) foi produzido com areia industrial e serviu de parâmetro para análise das demais misturas: CCR com areia natural (CCR-2), CCR com substituição de 100% da areia por RAP (CCR1-AF), CCR com substituição de 100% do pedrisco por RAP (CCR1-PF), CCR com substituição de 100% da brita 1 por RAP (CCR1-BF) e CCR com substituição de 50% de agregado natural por 50% da fração total do RAP (CCR1-FT). Os ensaios de compressão diametral e tração na flexão mostraram que a incorporação de RAP, em qualquer fração, diminui bruscamente a resistência mecânica dos corpos de prova, em relação ao CCR de referência, sendo a queda mais acentuada no caso da resistência à compressão. O módulo de elasticidade obtido por meio da instrumentação dos corpos de prova com LVDT (linear variable differential transformer) e strain gages, assim como o módulo de elasticidade dinâmico, obtido por pulso ultrassônico, apresentaram quedas significativas, quando comparados ao CCR de referência. Os CCR com incorporação de RAP apresentaram queda nos valores de tenacidade e aumento na resistência de propagação da trinca. As observações com microscópio óptico, lupa estereoscópica e com microscópio eletrônico de varredura mostraram que a interface entre o agregado fresado e a pasta de cimento foi prejudicada pela presença do filme asfáltico nos agregados de RAP. Embora a incorporação do RAP na mistura de CCR diminua a resistência das misturas e afete todos os parâmetros mecânicos, ainda assim é um material que pode ser utilizado como base e sub?base de pavimentos, pois alcançou parâmetros mecânicos que viabilizam seu uso.

SÃO PAULO, 2012

 

Na página da Biblioteca Digital da USP existe um link para baixar a tese na íntegra: Clique Aqui

Postado em: Pavimentação, Publicações Técnicas e ArtigosComentários (0)

INTELLIPave, Uma abordagem baseada em inteligência artificial para a modelagem de pavimentos asfálticos

Tese de REUS BORTOLOTTO SALINI
Título da tese: INTELLIPave, Uma abordagem baseada em inteligência artificial para a modelagem de pavimentos asfálticos

Orientadores:
José Carlos Ferreira MAIA NEVES
Orientador

António Carlos da Silva ABELHA
Co-orientador

Ano de conclusão: 2010

Resumo

Este trabalho apresenta o desenvolvimento uma nova e inédita metodologia denominada INTELLIPave, onde são empregadas técnicas de inteligência artificial e métodos numéricos para a modelagem do comportamento de pavimentos asfálticos a partir de dados coletados em campo. A metodologia INTELLIPave é completa, tratando o problema desde a coleta de dados até a aplicação dos modelos no dimensionamento de pavimentos novos e avaliação de pavimentos existentes; sem simplificações nem concessões, trabalhando sempre em escala real e total. O modelo resultante da aplicação da metodologia INTELLIPave é denominado CUIA Model.

O CUIA Model é construído a partir de modelos especialistas que incluem dados climáticos (temperatura do ar, pluviosidade, etc.), assim como características do tráfego (quantidade e classes dos veículos, velocidades, cargas por eixo ou cargas totais por veículo, etc.) e, se disponíveis, dados a respeito da resposta estrutural do pavimento asfáltico (tensões, deformações e extensões em pontos relevantes das várias camadas do pavimento). Estes dados devem ser coletados em uma ou mais rodovias abertas ao tráfego real até que o pavimento atinja um determinado critério de falha.
Dentre as inovações introduzidas pela metodologia INTELLIPave estão: o emprego do critério de falha externo ao modelo (aside failure creteria) e critérios múltiplos de falha; Criação do índice relativo de dano ao pavimento (RPDI, no acrônimo em inglês); O acúmulo científico do conhecimento sobre a performance dos pavimentos e seu emprego na melhoria da acurácia das predições futuras de performance; Consideração do envelhecimento dos materiais e outros fenômenos que se distribuem ao longo do tempo (fenômeno de auto-reparação, etc.);
A paralelização de modelos individuais para funcionarem como um modelo único (CUIA Model); e, A consideração implícita de variáveis de origem desconhecidas ou cujos dados não foram coletados em campo. Neste sentido, o INTELLIPave corresponde à primeira metodologia para pavimentos que não se baseia em procedimentos empíricos ou empírico-mecanísticos.

Download da Tese

Postado em: Pavimentação, Publicações Técnicas e ArtigosComentários (0)

Utilização de borracha reciclada de pneus em misturas asfálticas

Dissertação apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Catarina, como parte dos requisitos para a obtenção do título de Mestre em Engenharia Civil – Florianópolis / 2000

Tese de REUS BORTOLOTTO SALINI
Orientador: Antônio Fortunato Marcon
Defesa: Agosto/2000

Resumo:
O objetivo deste trabalho foi caracterizar o comportamento estrutural e mecânico das misturas asfálticas empregadas na pavimentação rodoviária quando há a incorporação de borracha reciclada de pneus usados. A metodologia empregada resultou em significativa melhoria do desempenho estrutural da mistura asfáltica com borracha quando comparada com uma mistura de referência (sem borracha).
Observou-se as alterações no desempenho das misturas variando-se as quantidades de cimento asfáltico e borracha para uma mesma composição granulométrica de agregados.
As misturas foram avaliadas com base no Método Marshall e resistência à tração por compressão diametral. As misturas otimizadas também foram submetidas aos ensaios especiais (módulo de resiliência e vida de fadiga). Todos os resultados dos ensaios são apresentados.

Download da Tese

 

 

 

Postado em: Pavimentação, Publicações Técnicas e ArtigosComentários (0)

Recuperação de Pavimentos de Baixo Custo de Vicinais

SLIDES DA PALESTRA: RECUPERAÇÃO DE PAVIMENTOS

DE BAIXO CUSTO DE VICINAIS

Palestrante: Engº Douglas Fadul Villibor

 

É apresentado:

·         Camadas de pavimentos – Aspectos fundamentais;

·         Execução de serviços de recapeamento em bases permeáveis;

·         Cuidados na execução dos serviços de recapeamento;

·         Orientação sobre camadas de rolamento;

·         Sugestão de recuperação de vicinais novas ou recapeadas;

·         Plano de gestão para as vicinais recuperadas.

Saiba mais……….

Faça o download: RECUPERAÇÃO DE PAVIMENTOS DE BAIXO CUSTO

Postado em: Pavimentação, Slides de PalestrasComentários (0)

  • +Lidos
  • Últimos
  • +Comentados
  • Tags
  • Assine